Home / Estudos sobre a Família / O Prazer Sexual no Casamento

O Prazer Sexual no Casamento

              Abrão e Sara recebem uma mensagem de Deus no Capítulo 18 de Gênesis que mudariam suas vidas; a grande mensagem  é que teriam um filho. Ter filhos é um sonho maravilhoso, porém, Abraão estava com 100 e Sara com 90 anos de idade!

              Quando Sara ouviu a mensagem ao longe, riu consigo mesma: “Depois de já estar velha e meu Senhor idoso, ainda terei esse prazer? ” (Gn 18:12).

              Acredito que a primeira reação de Sara não foi com respeito ao milagre da concepção de um filho, mas sim com o prazer sexual. Sara reflete sobre suas lembranças do prazer sexual. Aliás, o sexo foi criado por Deus e é uma benção com dois objetivos: multiplicação da raça humana e proporcionar prazer ao casal. O sexo “no casamento” é lindo, o diabo, com ajuda do ser humano pecador é que tem causado tudo quanto é forma de deturpação para prejuízo da raça humana.

              Sara reflete sobre suas lembranças dos prazeres sexuais ao lado de seu amado esposo Abraão. Ela já está com idade avançada e já sessou a muito tempo “o costume das mulheres”, em outras palavras já está na menopausa, não menstrua mais e não sente mais desejos sexuais.

              Ainda que pela idade a química de seu corpo não seja a mesma da juventude, ela ainda se lembra das experiências sexuais prazerosas ao lado de seu amado. Hoje ainda existem muitos tabus a respeito do sexo e poucos pregadores e pastores possuem coragem para falar a esse respeito no púlpito. Não deveria ser assim, uma vez que a Bíblia Sagrada descreve o assunto de uma maneira natural e maravilhosa. O livro de Cantares está cheio de ilustrações de prazeres sexuais no casamento (cf.6.1-9; 7:1-10).

              Apesar de que as imagens descritas no livro de cantares sejam um pouco estranhas a nossa cultura, são claras em suas intenções: o prazer sexual existe para ser desfrutado pelos casais casados e abençoados por Deus. Um dos objetivos é proporcionar prazer ao outro no relacionamento. Desta forma, observamos que a relação sexual prazerosa no casamento é bastante significativa para o casal; é uma das vozes que falam mais alto no amor.

              A esposa deve proporcionar prazer ao marido e o marido proporcionar prazer a sua esposa, sem egoísmo. É nessa troca de concessões que o matrimônio e o prazer sexual encontram a mais linda e perfeita expressão do amor conjugal.

              É importante que o casal possa pedir para que Deus lhes dê uma visão perfeita e sadia do sexo, como uma linda expressão de amor no relacionamento conjugal como uma oportunidade de receber e proporcionar prazer no ato conjugal, assim a felicidade será completa.

Ev. João Wagner Ferreira
Escritor e Palestrante

Autor do Livro: “Socorro! Minha família está em perigo”.
Blog: www.blogdafamilia.com
Site: www.diskbiblias.com.br

CONTATO:
E-mail: chavedosaber63@gmail.com
(34) 9 8885-0868 – WhatsApp

About João Wagner

João Wagner Ferreira é Ministro do Evangelho; Co-Pastor Evangelista na Congregação Betel da Assembleia de Deus em Uberlândia/MG (Ministério Missão aos Povos). Curso Superior em Tecnologia de Segurança Pública pela Academia de Polícia de Minas Gerais (APM/MG) é 1º Ten PM (QOR). Graduado em Teologia pelo Instituto Missão aos Povos, filiado à Faculdade Evangélica de Ciência, Tecnologia e Biotecnologia (IMP/FAECAD). É professor na Escola Dominical na Assembleia de Deus há 25 anos; dedicou sua vida a obra de Deus e a família.

Check Also

“Foi sem querer”.

Share This in WhatsApp– Cuidado, você pode machucar alguém. – Jucinei preveniu Thiago de sete …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *